quarta-feira, 14 de setembro de 2011

O grito

Acordou. Percebeu que, aos poucos, havia deixado de existir. Eles venceram. Abriu a janela, se debruçou e deu um grito. Ninguém respondeu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário