segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Maman



... e voltamos à origem, sem a necessidade de explicações.
(Maman, de Louise Bourgeois, exposta no Mam, num domingo ensolarado de setembro)

2 comentários: